Ratos

Compartilhe este texto:
Tenho uma grande admiração por ratos. Eu já tive um rato de estimação. Essa informação teria mais impacto antes, porque muitas pessoas passaram a achar ratos simpáticos depois de Ratatouille. Nos extras do DVD, tem um filminho dedicado inteiramente à informações sobre os ratos de verdade. Já eu sou de uma geração diferente, a do Mickey Mouse e o Jerry. Mickey Mouse é um camundongo sem nada de roedor, de um bom mocismo irritante. Já o Jerry, com sua esperteza e crueldade, era muito mais rato. Lembro da dona do Tom (cujo rosto nunca vimos) subindo desesperada na cadeira quando vê Jerry. Mesmo hoje, é assim que as mulheres aprendem a reagir na presença de um rato, subindo nas cadeiras e gritando por socorro.
YouTube Preview Image
Rato é meu ascendente no horóscopo chinês, e a descrição do signo diz que eles são gregários, organizados e protetores. Só que quando combinado com o meu outro signo, a serpente, geralmente esses horóscopos me definem como interesseira, vingativa e capaz de fazer qualquer coisa para conseguir o que quero. Um pouco como os ratos do Guia do Mochileiro das Galáxias. Esse livro, um verdadeiro símbolo nerd, perde muito a sua graça quando lido depois dos vinte (meu caso). O que achei interessante foram os aliens chegam na Terra para conversar com a especie mais inteligente. A surpresa está no fato de que a humanidade é apenas a terceira espécie: antes da humanidade estão os golfinhos e os ratos encabeçam a lista. Concordo.
YouTube Preview Image
O que me convenceu disso foi um livro interiro dedicado ao assunto: Todos os ratos do mundo: do Flautista de Hamelin a Mickey Mouse: O Irresistível Charme dos Roedores. Olha que informação interessante: desenvolver veneno contra ratos é muito difícil. Não se sabe se é pelo olfato, mas eles são muito desconfiados e simplesmente não comem certas substâncias, por mais que sejam misturadas aos ingredientes mais saborosos. E quando se deparam com algo novo, eles fazem com que os mais velhos ou mais fracos comam primeiro. Esses membros ficam dias em observação, e apenas depois desse período, se eles não mostrarem nenhuma reação, é que os outros comerão a comida. Venenos para ratos, por esse motivo, precisam não ter odor e só manifestarem seu efeito depois de alguns dias.
YouTube Preview Image
Essa daqui é pra convencer de uma vez que eles são muito inteligentes: um navio estava infestado de ratos. Para exterminar a praga, o navio foi esvaziado, lacrado e colocaram tubos por pontos estratégicos onde seria liberado um veneno poderoso. Com aquela quantidade de veneno, durante tanto tempo e sem ter por onde sair, todos os ratos morreriam asfixiados e a praga terminaria. Só que quando terminou a administração de veneno, eles chegaram lá e encontraram os ratos, vivos. O que teria dado errado? Quando foram recolher os tubos, viram que em cada um havia um rato entalado. Ou seja, eles descobriram de onde o veneno saía e sacrificaram alguns membros para impedir que todos morressem.
As histórias de ratos são todas assim. Os ratos são tão poderosos porque pensam coletivamente. Ratos dão a impressão de serem uma grande inteligência, espalhada em pequenos corpos ágeis e de dentes afiados. Uma família de ratos sempre pensa no todo. Quando o lugar onde eles estão se torna pequeno e a comida escassa – experiência de alimentar um casal, deixando-o se reproduzir o quanto quiser, sem mudar de gaiola ou alterar a quantidade de ração – eles começam a fazer controle de natalidade e racionar comida. Por isso que só eles e as baratas (sem mérito por parte delas) sobreviveriam a uma hecatombe nuclear. Nós mal sobrevivemos a nós mesmos.

5 thoughts on “Ratos

  1. Não adiantou nenhuma palavra sua. Não simpatizo com essa espécie.

    E não subo em cadeira quando vejo um, porque eles sobem em qualquer coisa (fica a dica).

    Eu corro mesmo.

    Não grito, não gosto de demonstrar fraqueza perante o inimigo.

  2. Querida Caminhante do Sol,
    deixo isso aos ratos-cegos
    desse mundo…

    MATA DO MORRO
    by Ramiro Conceição

    De meu dentro,
    saí do fúnebre.
    Agora adentro
    pela mata do morro
    onde voo
    para dentro do céu.

  3. Ai que dó, que dó…Morro de dó do tom e confesso que gosto dos ratinhos de orelhas redondinhas.

    Caminhante “expert”, rs tem diferença né não? Ratos de orelhas redondas e ratos de orelhas pontudas?

    Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *