Feminilidade

Compartilhe este texto:

A feminilidade não está restrita à juventude, aos traços faciais, à cor do cabelo, ao tamanho dos seios, dos quadris ou a qualquer outro tamanho. A visão binária que divide o mundo em masculino e feminino, claro e escuro, reto e redondo, ativo e passivo, público e privado, sempre nos foi muito negativa. Mas a crueldade para com as mulheres que vivemos hoje atingiu um nível muito mais profundo porque nos disseram – e nós acreditamos – que a feminilidade é um atributo físico, que pode ser perdido, que precisa ser comprado. Agora as mulheres correm para transformar seus corpos, assim. E nunca se sentem seguras o suficiente, por mais que invistam, porque na verdade estão procurando no lugar errado.

Ver La Truco, uma das grandes bailaoras da atualidade, me relembra isso. Ela não tem corpinho ou idade de modelo. Mas – ou será justamente por isso? – transpira feminilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *