4 comentários em “Documentário completo: Clitóris, prazer proibido”

  1. Nenhum comentário? Vá entender os leitores do Sul21. Qualquer lugar-comum sobre qualquer fato ridículo que envolva política, assanha dezenas de comentaristas. Agora, com o clitóris, que é bom, silêncio. Cada vez entendo menos de onde vem nossa fama de povo culto.

  2. Vejo um ar “supremacista” feministóide no enunciado. Como se estivesse anunciando alguma supremacia ou direito maior da mulher ao prazer. Vê-se o quanto o feminismo em si, é um lixo. Uma ideologia supremacista, calcada no lixo maior que é o socialismo. A mulher foi alçada ao pedestal de deusa-mulher, deusa-mãe, a que tudo pode. Comportar-se como vadia e querer ser tratada como dama. Assassinar o filho dentro de seu ventre, para em seguida buscar mais prazer e ainda assim, gozar do status de deusa-mãe-mulher. Os homens babacas, doutrinados pelo socialismo e mídia anglo-saxônica submissa e misândrica aceitam sem vergonha essa tutela. Quanto ao clitóris, esse, assumiu um papel tão poderoso, que suas donas prescindem dos homens para ter prazer. Daqui a pouco, nem nos braços de outra mulher, suas donas terão prazer. Terão que consolar-se solitariamente. Assim como ter filhos. Assim como assistir um filme e comer uma pizza. Maltido marxismo cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *