Google reader

Amigos: o google decidiu extinguir o google reader. Sempre tive a política de disponibilizar todo meu conteúdo pelo reader, e sei que alguns preferem assim. Com o fim do reader, esses leitores podem ficar sem saber que o blog foi atualizado. Recomendo que quem queira continuar lendo o blog dê um outro jeito: há uma página dos meus blogs no Facebook e sempre atualizo os últimos posts no twitter. As atualizações deste blog sempre aparecem na página inicial do Sul21, pelo menos durante algumas horas…  Também é possível favoritar e dar uma passada aqui sempre, só para conferir as novidades. Enfim, só para avisar os desavisados.

Buscas no site

Eu sei que este é um blog sério e família, mas não resisti à tentação de colocar as coisas estranhas que trouxeram leitores a este blog. Lá vai:

caminhando dura depois de da o cu – Foi difícil assim, amiga?

só me aceitou no face pra não ser desagradável – Sei como é…

sexo com homens afegãos o que eles gostam? – Adoro buscas com taras específicas.

cu fora do normal – Tenho até medo de digitar isso no google…

estimulo virtual para caminhar – Caminhe, caminhe!

é muita vadia pra pouco – Esse nem conseguiu concluir.

caminhando para velhice e vc – Eu também, fazer o quê.

mulheres dando a vivera pro cavalo zoofilia – Ai…

como limpar book do banheiro – Pra gente que gosta de ler em todos os ambientes.

www.porno.pessoas.precisano.de.money.tubos.categores – Juro que não entendi.

zoofilia guia real 2013 tioria – Credo, tem guia, igual Guia Quatro Rodas?

mobidique livro – HAHAHAHAHAHA!

como o cisne negro mata o cisne branco documentario – Violência animal.

eu não amava animais – Que triste, amigo.

“sentir prazer sem sexo” – Ler um bom livro, dançar, comer…

nen sempre acredite no que te falam pode ser mentira – Concordo plenamente.

fotos de homens com o saco de fora – ….

videos pornos de maridos que levam suas esposas para se diverti com outras mulheris e outros homeis – Hahahahaha, amei o mulheris e homeis!

videos curtos video mulher gostosa traindo marido oficina – Tem que ser curto, se for longo ele perde a paciência.

todos os alunos da sétima b do samuel wainer 2013 – Esse quer organizar uma reunião de turma.

filmes porno com gozadas de jean val jean – Isso sim é gostar de Os Miseráveis!

muheres sem caus e sem sutam – Hein?

sonhar com buraco,mulher gravida e guaiamum – Buraco, grávida e… guaiamum?

Blogagem coletiva em apoio à Fundação Dorina Nowill

Quando li sobre essa postagem coletiva, o nome da fundação me soou imediatamente familiar. Me lembro de ter procurado esse nome do google para escrever corretamente. Isso porque um dos meus primeiros entrevistados – e o primeiro a aparecer no livro, que está em ordem decrescente da quantidade tempo em que está cego – foi para lá em busca de ajuda. Porque ele ficou cego de repente e aqui em Curitiba não havia onde procurar ajuda. Sua família tinha condições financeiras para lhe oferecer o melhor, por isso ele foi até São Paulo, para a Fundação Dorina Nowill, para aprender a se readaptar.

Isso foi há muito tempo, e hoje o nosso Institudo dos Cegos tem como oferecer apoio à essas pessoas. E existe também a Associação dos Deficientes Visuais do Paraná. A Biblioteca Pública do Paraná possui um grande acervo em braille e audio-livros, grande parte dele feito com a ajuda de voluntários. Pela sua história e qualidade, o instituto Dorina Nowill continua como referência a todos aqueles que sofrem com a deficiência visual – o que inclui cegos, pessoas com visão residual, amigos, familiares e educadores. Como a pesquisa que fiz sobre o assunto me levou a perceber, as pessoas tendem a olhar a questão da cegueira de maneira esteriotipada. O cego é visto como um coitado, que quando muito precisa de educação especial. A cegueira é apenas uma parte da vida dessas pessoas. Os cegos querem comida, diversão e arte – eles querem a mesma coisa que eu e você.

Pra ajudar as pessoas a lembrarem dessa questão, estamos fazendo essa blogagem coletiva. Você, blogueiro, pode fazer um post onde conste o endereço da Fundação Dorina Nowill e avisar aqui. Outra forma de participar é clicar em um dos links que coloquei ao longo do texto, ou quem sabe procurar entidades que trabalhem com cegos no seu estado e fazer uma doação. Existem muitas formas de doar: pode ser tempo, dinheiro ou solidariedade.